As Maiores Batalhas e Guerras da História - A Batalha de Cajamarca

 

As Maiores Batalhas e Guerras da Hitória

A Batalha de Cajamarca

(1532)

Tropas espanholas lançam seu ataque surpresa na guarda pessoal do Inca.
 
 
Facções: Império Espanhol (Francisco Pizarro) x Império Inca (Atahualpa).

Forças: 168 soldados e 4 canhões espanhóis x 8.000 guardas reais.

Perdas: 5 espanhóis mortos e um ferido (Pizarro); 2.000 incas mortos e mais de 5.000 capturados.

Resultado: Decisiva Vitória Espanhola; Queda do Império Inca.

Local: Cajamarca, Peru.

Área Marrom (Império Inca); Seta Vermelha (Força Espanhola); Seta Azul (Exército Inca); Círculo Preto (local da batalha).
 
 
A Batalha: Anos após a queda do Império Asteca, os espanhóis criaram uma nova expedição para explorar o sul do novo continente. A expedição era liderada por Francisco Pizarro, que comandava uma força de 168 soldados, 60 cavalos e 4 canhões. Seu objetivo era achar mais ouro e estabelecer novas colônias para o Império Espanhol.
 

Em 1531, Pizarro desembarcou na costa oeste do Peru e iniciou seu avanço para o sul. Alguns dias após o desembarque, Pizarro adentrava o enorme Império Inca. O império era governado pelo Inca, o líder supremo e não tinha nenhum contato com o mundo externo por causa das montanhas que isolavam os incas com outros povos americanos. Quando os espanhóis chegaram, estes rapidamente avançaram e saquearam as centenas de vilas incas pelo norte do Império, sem encontrar resistência.

Os incas haviam acabado de sair de uma guerra civil entre dois irmãos (Atahualpa e Huáscar), que queriam o trono do valecido Inca, deixaram boa parte de seu império em ruínas. Quando Atahualpa venceu seu irmão em 1532, este imediatamente mobilizou todo o exército inca e marchou para Cajamarca, uma vila localizada num platô bem na entrada da Cordilheira dos Andes.

Mesmo intimidado pela força inimiga que o alcançava, Pizarro não recuou e marchou com seu pequeno exército para confrontar esse poderoso império. Pizarro liderou seu exército por montanhas e desertos, onde poderiam ter sido emboscados e destruídos pelos incas. Porém, Atahualpa ficou curioso e permitiu que o invasor o alcançasse em Cajamarca. Foi um grave erro. Quando Pizarro finalmente chegou a Cajamarca, ele ficou estupefato pelo tamanho do exército inca acampado fora da vila: 30.000 guerreiros.

Pizarro ocupou Cajamarca e despachou seu braço direito, Hernando de Soto, para "convidar" o imperador inca para uma conversa. O Inca aceitou o convite e marchou com sua guarda pessoal de 8.000 homens para Cajamarca. Pizarro confrontou Atahualpa e ordenou que o Inca ajoelhasse diante de Deus. Atahualpa pegou uma bíblia das mãos de um frei que acompanhava as tropas e jogou o livro no chão gritando que ele era Deus. Pizarro aproveitou o momento para lançar sua armadilha.

Pizarro então gritou contra o Inca e escondidos nas cabanas da vila toda a tropa espanhola com 4 canhões atacou a guarda real. Por causa do barulho dos canhões boa parte da guarda desertou e fugiu. O restante tentou proteger seu líder mas, caiu diante das armas espanholas. Atahualpa lutou contra Pizarro (ferindo o líder espanhol na cabeça), mas acabou capturado. Mais de 2000 incas estavam mortos contra 5 espanhóis mortos no início do ataque. Dias depois, Atahualpa tentou negociar com Pizarro por sua liberdade em troca de toda a riqueza do Império Inca, mas, acabou julgado como infiel e decapitado pelos espanhóis. Com isso todo o Império Inca caía nas mãos dos espanhóis.
 
 

Curiosidades:

  • A Batalha de Cajamarca é considerada até hoje a batalha mais desigual e traiçoeira da História.
 
  • Em 1541, Pizarro acabaria sendo morto pelos seus próprios homens após o retorno da longa conquista da América do Sul. O motivo: toda a riqueza que o espanhol roubou dos incas, mas que não planejava dividir com ninguém.
 
 

Bibliografia: