As Maiores Batalhas e Guerras da História - A Batalha e Cerco de Granada

 

As Maiores Batalhas e Guerras da História

A Batalha e o Cerco de Granada

(1491-1492)

O rei mouro Maomé XI rende Granada para o rei Fernando e a rainha Isabel.
 
 
Facções: União Aragão-Castela (Fernando II e Isabel I) x Emirado de Granada (Maomé XI).
 
Forças: Desconhecidas.
 
Perdas: Desconhecidas.
 
Resultado: Granada anexada por Castela; Expulsão dos árabes da Europa; Fim da Reconquista Espanhola.
 
Local: Sudeste da Espanha.
 
Área Vermelha (Emirado de Granada); Setas Azuis (Ofensivas Espanholas).
 


A Batalha: Ao longo de outras campanhas e batalhas, fui mostrando em segundo plano a longa Reconquista Espanhola. É considerada uma das campanhas militares mais longas e custosas da História que durou desde 800 até 1492, com a queda do último reino árabe de Granada.

Mas, antes que Granada pudesse ser tomada, os espanhóis tiveram que se unir em um único reino. Graças a aliança e casamento do rei Fernando de Aragão e da rainha Isabel de Castela, a Espanha estava totalmente unificada para derrotar o inimigo comum. Em 1480, os espanhóis lançaram sua última ofensiva contra o reino mouro de Granada. Os mouros eram árabes de origem africana e com um tom mais escuro na pele do que os outros povos mulçumanos. Após a queda de Málaga, em 1487, os mouros se retiraram para sua capital-fortaleza de Granada e esperaram pelo já esperado fim do reino mouro. Seu líder era Maomé XI.

Maomé XI desconsiderou qualquer acordo de rendição e decidiu lutar até a morte. Fernando reuniu mais de 80.000 homens e provocou Maomé para um combate aberto. Mas, o líder mouro não era estúpido e decidiu lutar uma batalha de cerco graças a geografia da cidade: ela fica localizada no topo de um rochedo e cercada por duas poderosas fortalezas. Sabendo muito bem que um cerco poderia demorar anos, Fernando e Isabel construíram a cidade de Santa Fé, a 9 km de Granada, para abrigar seu exército durante o cerco.

Vendo que não sobreviveria a um longo cerco, Maomé XI começou várias negociações com Fernando e Isabel sobre render a cidade. No início de 1492, Maomé XI rendeu Granada e entregou a cidade para seus novos donos. Com isso, a longa e violenta Reconquista Espanhola estava finalizada e os últimos árabes expulsos da Europa.
 
Com a conquista da cidade, Fernando e Isabel ficaram ricos e usaram boa parte desses recursos para financiar a expedição de Cristóvão Colombo pelo Atlântico. A tomada de Granada trouxe de volta grandes ânimos para os povos cristãos após a queda de Constantinopla para os turcos anos atrás. Também muitos dos veteranos que sobreviveram a Reconquista lutariam pelo controle espanhol nas terras do Novo Mundo em breve.
 
 

Curiosidades:

  • O cerco de Granada é mostrado com grandes detalhes nas cenas históricas do filme Assassin's Creed (2016). Vale a pena ver. É fenomenal!
 
 

Bibliografia: