As Maiores Batalhas e Guerras da História - A Guerra do Primeiro Triunvirato

 

As Maiores Batalhas e Guerras da História

A Guerra do Primeiro Triunvirato

(50-45 A.C.)

Os Generais Crasso, Pompeu e César. A guerra seria entre Pompeu e César. Crasso já havia morrido um ano antes da guerra.
 
Facções: Províncias Romanas Leais a César (Júlio César) x Províncias Romanas Leais a Pompeu (Pompeu).

Forças: Todas as Legiões da República Romana.

Perdas: Milhares de mortos para ambos os lados.

Resultado: Decisiva Vitória para Júlio César; Pompeu é morto e seus aliados destruídos; Grandes expansões romanas pela Espanha, África, Balcãs e Oriente Médio.

Local: Espanha, Balcãs e Grécia.

Área Verde (República Romana); Áreas Vermelhas (Províncias de César); Áreas Azuis (Províncias de Pompeu); Área Marrom (Províncias de Crasso); Área Roxa (Império Ptolomaico); Setas Vermelhas e Marrons (Avanços de César e seus aliados); Cruzes Pretas (Batalhas); Seta Pontilhada (Fuga de Pompeu); Cruz Cinza (Morte de Pompeu).
 
A Guerra: Logo após a conquista da Gália, Júlio César era visto como um grande líder militar e político para toda a República. Pompeu, antigo amigo de César, invejado com a popularidade de César em Roma, consultou o senado e ordenou a prisão de César.
 
Em 50 A.C., César recebeu notícias sobre as decisões de Pompeu e decidiu enfrentar seu antigo aliado pelo poder de Roma. César marchou até o Rubricão, no norte da Itália, e o atravessou com a Décima Terceira Legião no ano 49 A.C. Tal ato foi visto como uma ameaça para Roma e Pompeu, com apoio da maioria do senado, deixou Roma com suas legiões e se posicionou nos Balcãs para enfrentar César.
 
César adentrou em Roma e declarou no senado que era Pompeu o verdadeiro inimigo e não ele. O senado acabou concordando com César após este ordenar a ocupação militar de toda a cidade e estabeleceu um rigoroso toque de recolher. Enquanto isso, Pompeu enviou a maioria de suas legiões para a Espanha para lançar ataques contra a Gália e o Norte Africano.
 
César aproveitou esse desvio de forças de Pompeu e despachou quase todas as suas legiões para a Espanha, com apoio de legiões aliadas no norte da África e de mercenários númidas. César acabou deixando Roma, sobre a administração de Marco Antônio e da Décima Terceira Legião, a melhor de todas, para proteger Roma. César partiu para o norte e rapidamente alcançou Pompeu nos Balcãs.
 
Após duas batalhas nos Balcãs, Pompeu recuou para Farsália, na Grécia, onde suas últimas legiões foram cercadas e destruídas por César. Porém, Pompeu escapou para o Egito, território do decadente Império Ptolomaico. César não perdeu tempo e ordenou uma perseguição imediata contra Pompeu.
 
Na Espanha, os aliados de Pompeu foram facilmente cercados, mas resistiram por vários anos antes de sucubirem diante dos aliados de César. Quando Pompeu finalmente chegou ao Egito, este acabou sendo assassinado e decapitado pelo faraó do Império Ptolomaico, que tinha fortes receios que se ajudasse Pompeu acabaria sendo invadido por César.
 
Em 45 A.C., César chegou à Alexandria, capital do Império Ptolomaico, e foi recebido pelo faraó. Este acabou oferecendo a cabeça de Pompeu, porém, César achou tal ato muito brusco e acabou invadindo e dominando todo o Egito. O Faraó acabou morto por seus próprios homens, quando sua irmã, Cleópatra, se juntou e casou com César.
 
Após o fim das hostilidades na República, César retornou para Roma em 44 A.C., e se auto-declarou tirano (rei) de Roma. O senado, com medo de ser dissolvido, criou um complô contra César. Sobre o comando de Marcos Junius Brutus, filho adotivo de César, os senadores cercaram César no senado e o mataram com muitos apunhaladas. Era o fim de uma guerra civil, mas o início de uma segunda.
 

Curiosidades:

  • A guerra é usada como pano de fundo por toda a primeira temporada do seriado "Roma". Porém, o seriado se foca mais nas conspirações políticas e sociais que estavam acontecendo em Roma. Há poucos episódios que falam e mostram sobre a guerra em si.
 
  • O filme "Cleópatra" também mostra um pouco da guerra, principalmente a morte de Pompeu e ascensão da Rainha do Egito como mulher de César nos primeiros minutos do filme.

Bibliografia:

  •  Willard Crompton, Samuel. "100 Guerras que mudaram a História do Mundo". Ed. Prestígio, Rio de Janeiro, RJ, 2002.