Fala Kaio | Esquadrão Suicida (2016) Crítica

É... saiu... esquadrão... suicida... realmente bem suicida mesmo. Assim, vou mandar a real logo aqui no inicio do texto. EU ODIEI... agora entenda o por que.




Foi tão ruim assim?

Pior que foi :( 
Está muito nítido que a obra foi diversas vezes modificada e que devem existir diversos aquivos assim:

Suicidade_Squad_Final.mp4
Suicide_Squad_Final2.0.mp4
Suicide_Squad_Final_For_Real.mp4
Suicide_Squad_Final_For_Real_Funny_Version.mp4

E isso acabou prejudicando demais o filme em si, pois na minha visão, Esquadrão Suicida é uma obra tão bipolar quanto eu. 

O que você achou dos quesitos técnicos como direção, roteiro, fotografia e essas outras coisas que ninguém entende?

Tudo bem, vamos analisa-los. A principio o estilo de direção do David Ayer é muito blockbusteriano, pouca coisa diferente ou ousada a não ser em um ponto. Ele se utiliza muito bem de artes gráficas e fontes estilizadas no meio do filme, um bom exemplo disso é a "ficha" apresentada pela Amanda Waller dos integrantes da Força Tarefa X, ou então a legenda em inglês das falas da Katana.
Eu achei isso uma ideia muito boa, já que no meio da divulgação os produtores decidiram mudar o estilo do filme para algo mais caricato e isso foi assumindo em tela

.



Um dos meus problemas com o filme foi o roteiro ruim e mal montado, principalmente o primeiro ato, onde todos os pontos chaves são mostrados nos momentos iniciais do filme. 
Nesse inicio são  mostrados os vilões, o relacionamento da Magia e do Flag e TODOS os personagens, de maneira geral o filme começa muito lento na introdução chata e longa dos personagens, pra 5 minutos depois você saber que a magia vai foder com tudo.

Trabalhe um pouco esse romance dos dois, faça um mistério na apresentação do vilão ou até mesmo intercale com as apresentações dos personagens, mas não deixe tudo como se estivesse jogado.


Mas agora vamos ao que mais me incomodou de verdade.

Como já disse anteriormente, os produtores resolveram mudar totalmente  a proposta do filme,  de algo mais sério para algo mais leve. Para isso, um apelo muito grande a trilha sonora foi dado,  exatamente como em Guardiões da Galaxia. Só que o que a produção acertou nos trailers, errou rude no filme. Em determinados momentos não sei se as boas músicas atrapalham os diálogos ou os diálogos atrapalham as boas músicas.


Nisso eles acertaram então? Na escolha da trilha sonora?

Sim, para você ter uma noção, estou escrevendo esse texto escutando todas as músicas do filme.
Mas isso é muito triste pois todos os momentos "engraçaralhos" da arlequina são escondidos pelas musicas assim como discurso motivador do Flag.







Agora meu ultimo ponto desse texto, JOKER. 
Essa postura de gangster não funcionou muito bem na minha visão, primeiro por que um gangster precisa demonstrar ou força ou inteligencia ou estrategismo e não fui muito o que vi nele. O que realmente vi foi um personagem completamente sem função dentro do filme que se utilizou de um hype ABSURDO para se promover. Tinha potencial, mais foi só mais um personagem mal aproveitado dentro de um monte de personagens mal aproveitados


------------------------



Fala Kaio... Sua opinião final

Esquadrão Suicida sofreu muito pelo relativo fracasso do filme anterior da DC, por isso teve sua essência mudada de ultima hora. Em quesito de identidade a obra fica perdida entre ser de comédia e ser reflexivo nas questões de certo e errado, sendo completamente mediano nas duas propostas. Contudo, a escolha da trilha e cenas para adolescentes não esconde a falta de diálogos interessantes e personagens com motivações mais bem trabalhadas. 


De 0 á 100?

De 0 a 100, vou dar 73 músicas boas com cenas do pistoleiro jogando o jogo da arma carregada ou não com a Amanda Waller (O que realmente foi bom) e de presente todos os trailers, pois foram melhores que o filme em si.