As Maiores Batalhas e Guerras da História - A Batalha de Arbela

 

As Maiores Batalhas e Guerras da História

A Batalha de Arbela

(331 A.C.)

A incrível falange grega aniquilando o exército persa.
 
Facções: Macedônia e a Liga Helênica (Alexandre, O Grande) x Império Persa (Dário III).
 
Forças: 47.000 gregos x 152.000 persas.
 
Perdas: 1.900 gregos e 90.000 persas mortos.
 
Resultado: Decisiva Vitória Grega; Poder Militar Persa Arruinado.
 
Local: Perto de Mosul, Mesopotâmia (atual Iraque).
 
Círculo Preto (Local da Batalha); Seta Azul (Exército Grego); Setas Vermelhas (Exército Persa).
 
A Batalha: Depois de sua incrível vitória em Issus, Alexandre avançou pela Fenícia e capturou o porto de Tiro. Aproveitando a retirada persa do Egito, Alexandre adentrou o território egípcio e foi proclamado faraó. Depois de viver um ano no Egito, Alexandre descobriu que Dário III, imperador persa reuniu um imenso exército para destruí-lo. Alexandre deixou o Egito e partiu para enfrentar seu antigo adversário.
 
Ambos os exércitos se encontraram na planície árida de Arbela, também conhecida como Gaugamela. Mesmo impressionado pelo tamanho do novo exército persa, Alexandre não mostrou sinais de covardia e posicionou seu pequeno exército grego para o combate.
 
Alexandre começou a batalha levando toda a sua cavalaria para o flanco direito do exército persa. Dário despachou toda a sua cavalaria pesada para persegui-lo. Enquanto isso, Dário lançou um imenso ataque contra as linhas gregas. As falanges, infantaria com longas lanças, dizimaram a fraca infantaria persa e mantiveram a linha firme e forte no centro e no flanco direito.
 
Porém, a cavalaria leve persa conseguiu romper o flanco esquerdo dos gregos e invadiu o acampamento de Alexandre, onde iniciaram um feroz saque. Já Alexandre liberou sua surpresa, na forma de infantaria leve escondida no meio de sua cavalaria para eliminar a cavalaria pesada persa. Alexandre e sua guarda se desviaram dos persas e partiram para o centro da linha inimiga.
 
Dário foi surpreendido por tal tática e quase foi morto por Alexandre. Mas, o imperador persa abandonou a luta e seu exército se dissolveu com tal manobra precipitada. Alexandre podia até te-lo perseguido, mas teve que retornar para seu acampamento onde facilmente liquidou os remanescentes do exército persa.
 
Com essa nova vitória, Alexandre dominava o epicentro do Império Persa que era a Mesopotâmia e abria caminho para a capital persa de Persépolis.
 
Curiosidades:
  • A Batalha de Arbela aparece com grandes detalhes no filme épico Alexandre, de Oliver Stone. Enquanto que toda a batalha é mostrada com perfeição, mas, existem alguns erros. Oliver Stone exagerou no tamanho do exército persa que aparece no filme, onde é dito que são mais de 300.000! Porém, o número oficial era de aproximadamente de 150.000.
  • Outro erro do filme foi a presença de mercenários africanos. Não há registros históricos sobre esses mercenários durante a batalha.
 

Bibligrafia: