Seleção japonesa nas Olimpíadas 2016.

Saudações a todos. Meu nome é Tiago Cruz. Tenho 27 anos esse essa é a minha estreia aqui com a galera do Novo Fã.
Para inaugurar essa coluna que foi presenteada para mim um Fã de carteirinha por futebol japonês, RPG, tokusatsus entre outros. Decidi começar com o  pé direito e fazer um pequeno guia de apresentação da seleção japonesa masculina de futebol sub 23, que está em solo brasileiro para disputar a sonhada medalha de ouro nos jogos olímpicos Rio 2016.

Retrospectiva:

Capa da revista Soccer Magazine de 1968
Em resumo a seleção japonesa vem para sua décima participação em olimpíadas, sendo que desde 1996 os japoneses estão presentes em todas as edições.
A seleção ainda possui um honrado 3º lugar, conquistado em 1968 (México). Onde os samurais blue passaram em segundo no Grupo B atrás da Espanha. Grupo esse que também estavam Brasil e Nigéria.
Nas quartas de final a seleção bateu a França por 3 a 1. Mas foi vencida facilmente pela sensação do campeonato Hungria por 5 a 0 na semi final. A seleção Húngara se consagraria campeã aquele ano com um elástico 4 a 1 contra Bulgária.
A JFA enfrentou a seleção da casa por 2 a 0. Conseguindo assim a única medalha olímpica masculina ate o momento.
Em 2012(Londres) a seleção nipônica chega mais uma vez em uma semifinal, contra a seleção mexicana. Mas dessa vez os mexicanos levam a melhor e vão para a final contra a seleção brasileira. E pela disputa por sua segunda medalha de bronze o Japão é batido pela Coreia do Sul por 2 a 0 e fica apenas com o 4º lugar.

2016:

Para esse ano a JFA (Associação de Futebol do Japão) decidiu levar 3 jogadores acima dos 23 anos. E apesar dos torcedores esperarem a convocação de nomes como: Shinji Kagawa (Borussia Dortmund), Keisuke Honda (Milan) ou Shinji Okazaki (leicester city). Que acabaram não sendo liberados pelos seus times. No entanto a JFA já esperando a não liberação de certos jogadores com prestigio internacional, manteve assim seu plano inicial que era utilizar a ótima base campeã da Copa da Ásia sub 23 que aconteceu no começo desse ano.
Com uma final emocionante contra a Coreia do Sul, onde os coreanos abriram 2 a 0, e com gols de Asano aos 67 min, Yajima aos 69 min e mais um de Asano aos 81 min. A seleção vira o placar e conquista a competição e a vaga principal para os jogos olímpicos.

Os 3 jogadores acima dos 23 anos:

Tsukasa Shiotani: Com 27 anos o zagueiro do Sanfrecce Hiroshima é titular absoluto no time campeão da J league 2015. Foi convocado para dar experiência na defesa japonesa. O ponto mais fraco do time.

Hiroki Fujiharu: Também com 27 anos, o lateral do Gamba Osaka, possui velocidade e vive um momento ótimo na seleção principal. É o futuro titular com a possível aposentadoria de Nagatomo (Inter de Milão). No esquema tático da seleção olímpica, Fujiharu vai apoiar o ataque em jogadas de velocidade, trabalhando como um dos homens de criação.

Shinzo koroki: Com 30 anos e o nome mais comentado dessa convocação. Koroki defendeu o Kashima Anthers de 2005 a 2012, onde conquistou diversos títulos pelo time e alcançou a seleção principal onde não rendeu o esperado e não participou das copas do mundo de 2006 e 2010.
O centroavante mudou para o Urawa Red Diamonds em 2013 onde joga até hoje. Com temporadas regulares nos 2 primeiros anos de Urawa, Koroki voltou a se destacar e 2015 com um dos jogadores principais da equipe e acabou entrando como um plano B para a convocação olímpica. Apesar da desconfiança de uma parte dos torcedores, não podemos pode dizer que o veterano não sabe fazer gols, já que com 61 gol sendo 10 nessa temporada ele é o artilheiro da sua equipe. Na seleção será o homem da finalização em momentos importantes.

Nomes de Destaque:

Wataru Endo: O jovem volante do Urawa Reds é um dos jogadores de melhor qualidade individual e visão de jogo. Com 23 anos, já é um dos destaques no Japão e possuir vários times europeus interessados em seu futebol. Jogador com bons passes curtos e longos, será a referencia no meio campo da seleção.

Takumi Minamino: Chamado de a grande estrela da nova geração, o meia de 21 anos, começou sua careira no Cerezo Osaka e se transferiu para o Red Bull Salzburg da Áustria em 2014. Já marcou 15 vezes em menos de 50 partidas pelo time e mostrou um bom amadurecimento e qualidade nas finalizações e toques de velocidade. 

Yuya Kubo: Atacante de 22 anos. Saiu cedo do Japão para o BSC Young Boys (Suiça). E na temporada passado foi considerada sua melhor em rendimento e continuidade nos jogos. Jogador versátil e com bagagem europeia é um dos principais atacantes dessa geração.

Takuma Asano: O decisivo atacante de 21 anos, era visto como apenas um bom atacante e nome promissor. Defendeu o Sanfrecce Hiroshima de 2013 a 2016. Subindo da base e se firmando no time principal, Asano é um atacante que possui como característica os bons chutes de curta e media distancia. Seu destaque na copa da Ásia 2016 fazendo 2 gols na final e sendo um dos destaques de sua equipe  na conquista do campeonato nacional no ano passado, fez com que o jovem atacante fosse contratado nessas ultimas semanas pelo Arsenal.

Grupo:

O Japão está no grupo B das olimpíadas, junto com Colômbia, Suécia e Nigéria. Os samurais iniciam sua campanha pela inédita medalha de ouro na quinta feira dia 4 de Agosto às 22 horas (Horário de Brasília) contra seleção nigeriana. E tem toda possibilidade sair com 3 pontos na sua estreia e passar de fase na competição.
Vale lembrar que antes do inicio dos jogos olímpicos, o Japão ainda enfrenta nesse sábado dia 30 de julho, a seleção brasileira em um amistoso em Goiânia as 16:30 (horário de Brasília).

                           Lista de convocados