As Maiores Guerras e Batalhas da História | A Batalha de Kadesh

 

As Maiores Guerras e Batalhas da História

A Batalha de Kadesh

(1294 A.C.)

Ramsés II lidera seu exército contra os Hititas na Síria.
Facções: Novo Reino do Egito (Ramsés II) x Império Hitita (Muwatalli II).
Forças: 20.000 egípcios x 50.000 hititas.
Perdas: Desconhecidas em ambos os lados.
Local: No Rio Orontes perto de Kadesh, Síria.
Localização da Batalha de Kadesh. De Seta Azul (egípcios). De Seta Vermelha (Hititas)
Resultado: Vitória Tática Egípcia; Empate Estratégico e Acordo de Paz Negociado.
A Batalha: Kadesh era uma cidade neutra que ficava nas bordas de dois impérios rivais: o Egípcio e o Hitita. Os motivos eram bem claros, decidir qual reino dominaria o Levante (atual Líbano e Síria) e os principais acessos marítimos pelo Mediterrâneo.
Ramsés II, faraó do Egito, liderou pessoalmente um exército de 20.000 homens para a região de Kadesh. Ao mesmo tempo, o imperador hitita, Muwatalli II liderava um exército de 50.000 homens para se encontrar com seu inimigo. A principal vantagem do exército hitita era o uso de armas de ferro, pois os egípcios ainda usavam armas de bronze. Ambos os lados também trouxeram uma enorme quantidade de carros de guerra (carroças para três homens puxadas por cavalos).
O encontro aconteceu ao sul da cidade, nas margens do Rio Orontes. A batalha teve início quando os hititas lançaram um ataque surpresa ao acampamento egípicio. Porém, Ramsés e boa parte de seu exército não estava no local. Enquanto os hititas saqueavam o acampamento, Ramsés dava uma enorme volta com seu exército pelo deserto para atacar o acampamento hitita. Mas, quando soube que seu próprio acampamento estava sendo saqueado, Ramsés foi forçado a retornar e retomar sua base de operações. O exército egípcio aproveitou a confusão do saque hitita e cercou uma boa parte do exército inimigo. O que aconteceu em seguida foi um massacre. Os hititas lutaram até a morte e no fim Ramsés retomava seu acampamento.
Percebendo que seu exército estava exausto, Ramsés pede um fim às hostilidades com Muwatalli. O imperador hitita aceita, principalmente por ter perdido metade de seu exército em um único dia e no mesmo dia, os dois imperadores negociam um acordo de paz (o primeiro da história). Dias depois, Ramsés retornava vitorioso, pois conseguiu deter o avanço hitita para o sul, mas não obteve nenhum ganho territorial por causa das severas perdas que sofreu. Para os hititas a situação foi pior. Depois de sofrerem uma grande derrota em Kadesh, os hititas tiveram que esmagar várias revoltas dentro do seu império e resistir contra um novo inimigo: o Império Assírio. A região do Levante ficaria neutra e intacta por vários anos e muitos pequenos reinos iriam surgir no meio de dois poderosos e enormes impérios.
Curiosidades: Há relatos que durante a batalha, Ramsés usou leões domesticados para atacar as tropas hititas que saqueavam seu acampamento. Porém, nenhum documento foi encontrado sobre a presença de tais animais selvagens em Kadesh.

A Batalha de Kadesh também foi a primeira batalha da História a ser registrada em documentos que falam com grandes detalhes cada passo da batalha no ponto de vista de ambos os lados.
A batalha apareceu pela primeira vez no filme "Exôdo - Deuses e Reis" (2014) de Ridley Scott. Porém, há um erro fatal na reconstrução da batalha. Ao invés de retomar seu acampamento dos hititas, Ramsés aparece liderando um ataque ao acampamento hitita (isso nunca aconteceu na realidade). De resto, o filme mostra com grandes detalhes as táticas egípcias de usar carros de guerra contra a infantaria hitita e as habilidades de combate de Ramsés durante a batalha.

Bibliografia: