Hulk: Futuro Imperfeito (Petter David feat George Péres) - (Review sem spoiler)

           Finalmente falarei sobre o gigante esmeralda, o Bodybuilder mais amado dos quadrinhos, o MONSTRO, o Esmagador... O Incrível Hulk!!!

           Sim, todos adoram ver quando este Brucutu perde a calma, mas poucos conhecem suas historias mais profundas. Está que irei comentar hoje traz para nós um futuro bem distante, após grandes guerra nucleares e poucos da civilização mundial terem sobrevivido.




           Em meio a esse "Armagedom" surge um novo ditador, Soberano e invencível, o grande Maestro, que a muito tempo atrás era conhecido pelo nome de Hulk. Quando todos os homens ficaram desolados com os governos caídos, ele percebeu que não devia "prestar contas a ninguém e sim reinar sobre o que sobrou da humanidade.

            Cansados dessa Autocracia tirana, um grupo de rebeldes decide trazer para o seu lado o único que pode enfrentar o tão temido Maestro, o incrível Hulk. Através de uma viagem no tempo Bruce Banner enfrenta a si mesmo, mas vê em seu inimigo uma outra pessoa distorcida por uma realidade bem mais cruel.

          O quadrinho visa a todo momento levantar à Banner a questão: "Se fosse comigo teria agido da mesma forma e me tornado o Maestro?".


          É difícil você ver alguém tão poderoso e que pode ter o mundo aos seus pés se subordinando a sociedade, esse medo existe até mesmo nas historias atuais como a própria guerra civil da Marvel ou a épica saga Injustice: God of Amog Us da Dc Comics.







Vemos nos nossos dias pessoas esnobes, apenas por ter algum privilegio em relação ao outro, imagina se tivéssemos pessoas com super poderes no mundo atual então?

         É como disse o grade filosofo Lao-Tse: "Quer realmente conhecer uma pessoa... Dê-lhe poder."